Menu

Resenha do Xtreme Championship por SOA Ibukiman e SOA Mobby

Segue análise redigida por Thomas “Ibukiman” Proença e Thiago “Mobby” Araujo sobre o campeonato Xtreme Championship, que aconteceu no dia 19 de setembro em Belo Horizonte/MG.


Esse torneio é um dos poucos que não consigo encontrar um defeito sequer. Impressionante como olho pros lados e apenas vejo qualidades, claro que isso não tem relação alguma com eu achar Belo Horizonte a terra das bênçãos.

1 – Equipamentos

Como na última edição, os organizadores fizeram o máximo pra trazer o melhor dos equipamentos para o torneio. Assim tivemos a oportunidade de jogar todo o campeonato em monitores com input lag abaixo de 1 frame, o que pode decidir na hora de fazer um Anti aéreo ou reagir a situações muito rápidas durante o jogo. 10/10 pra organização.

2 – Recepção

Como sempre os mineiros não deixaram a desejar sendo anfitriões. Sempre hospitaleiros e muito bem humorados. E não me refiro apenas ao pessoal do FG de MG, mas também as pessoas dos estabelecimentos comerciais, as pessoas nas ruas, etc. Sempre são muito agradáveis.

3 – Organização

Pessoal da organização sempre se mostrando muito solícito. E pela segunda vez um simples gesto de “e aê, cara? O que vc achou do campeonato? Tem alguma consideração a fazer para que possamos melhorar no próximo?” faz toda diferença. Mostra como os organizadores não se colocam acima dos jogadores, querendo saber sempre a opinião dos mesmos e principalmente levando em consideração tudo que lhe dizem. Não existe, nessa organização, quando se surge uma dúvida, a resposta “é isso. Fim.” Sempre dando explicações plausíveis para que possamos entender a situação. 10/10 pra organização de novo. Também incluo no tópico Organização a pontualidade. Tudo acabou como planejado, sem problemas, antes do horário. Perfeito.

4 – Local

Local perfeito. Auditório grande com cadeiras confortáveis, climatizado, banheiro limpo, telão, som. Tudo melhor do que se espera ou do jeito que se espera que um campeonato grande seja.

5 – Premiação

A felicidade de ganhar mais uma vez o torneio é muito grande. O troféu foi lindo a premiação foi alta com uma inscrição de 40,00:
* Primeiro – R$1000,00 + troféu + medalha + inscrição pro Treta Pride.
* Segundo – R$300,00 + medalha.
* Terceiro – R$100,00 + medalha

6 – Torneio

Nível técnico do torneio estava forte, apesar de ausência de SOA Breno e Bruno Fighters, jogadores como AAG Preda, AAG Baby, GOD Mr. Ken, N2L Cabelo3000 (revelação do torneio, não para mim, é claro. Já sabia que ele chegaria longe principalmente depois da luta contra AAG Birão), Zikles (que mesmo sem jogar por um tempo fez um torneio de ótimo nível. Mostrando que conhece bem o jogo e seus fundamentos) e é claro, SFT Dark817 que tem se mostrado cada vez mais forte. Certamente a luta mais difícil que tive no torneio, tanto psicologicamente quanto no fator habilidade. O único detalhe negativo do torneio foi que alguns players de MG e até da própria BH não foram mesmo depois de inscritos. Muitos deles, inclusive, criticam/criticaram outros players por “não tirarem a bunda do sofá”.

Quero agradecer a todos que foram, que receberam a mim e a minha companheira/amuleto da sorte, todos que de alguma forma contribuíram para que o evento acontecesse e foi o sucesso que foi. Um agradecimento especial ao pessoal que foi comigo no carro, tornando a viagem divertida e fazendo 6~7h se tornarem 1~2h, são eles: Dark, Zikles, Cabelo3000 e minha tão amada namorada.

Abraço a todos e até o No Limits dia 26 de Setembro às 13h na X Revolution (twitch.tv/x_revolution).

Atenciosamente, SOA Ibukiman.


12038682_1168258426523872_5288127039242266771_o

Top 3 de USFIV:
1º SOA Ibukiman.
2º SFT Dark817.
3º N2L Cabelo3000.

——————————————————————————

Vamos falar agora um pouco sobre KOF, analise feita por Thiago ” Mobby” Araújo

O Xtreme Championship teve mais uma ótima edição, não deixando nada à desejar. Estrutura excelente.

Equipamentos com desempenho suficiente para um bom campeonato. O jogo rodou liso. Parabéns à galera da organização. Estão sempre atentos aos competidores e questionam sempre sobre melhorias e novas ideias.

Agradeço à hospitalidade e recepção do amigo, xará e player Thiago21. Todo o top 3 do torneio (1º CDA Didimokof / 2º SOA Mobby / 3º CDA Ale) se hospedou em sua casa. Coincidência, não? Rsrsrs.

A única parte “triste” foi o número de inscritos (16). Porém os players de KOF XIII de BH compareceram em peso. Só faltou mesmo o xará Thiago Barreiro, que sem dúvida, poderia ser um dos finalistas.

Bom, não consegui vencer o torneio como na edição anterior do Xtreme, mas estou feliz por ter feito boas partidas e conquistado o segundo lugar, com uma final eletrizante.

Agradeço a todos que torceram e acreditaram em mim. Um abraço e até o Treta Pride, galera!!!!

mobby

TOP 3 KOF

1º CDA Didimokof

2º SOA Mobby

3º CDA Ale

Comments

comments

Vídeo do dia!

Entrevista com a Galera